14 de agosto de 2013

CASO ANA BEATRIZ

2 comentários :
O caso está sendo investigado em inquéritos policiais a pedido do Ministério Público.


É inegável e público que a saúde brasileira está passando por um momento extremamente crítico, onde hospitais mal equipados e profissionais quase sempre mal formados ou incapacitados dilaceram a vida de famílias inteiras, com o sofrimento diante da perda de entes queridos devido a mal atendimentos ou intermináveis filas.

Bastante mostrado em redes sociais e outros meios de comunicação a situação precária em que vivemos e vemos constantemente pacientes deitados no chão ou em macas improvisadas. 

Já foram citados vários casos de mães dando à luz em cadeiras ou bancos de hospitais e ultimamente vimos um vídeo na rede social onde um médico é filmado negando atendimento a uma senhora que morria sentada num banco. O médico displicentemente sentado apenas observava tudo enquanto outras pessoas tentavam levar o banco com a senhora até perto dele.

No HRE (Hospital Regional de Eunápolis) vários casos ocorreram e foram levados ao conhecimento da mídia regional, onde foram relatados casos de mortes estranhas ou mal atendimento, falta de equipamentos etc.

Há pouco dias uma famosa rede de televisão brasileira  fez uma reportagem onde médicos foram flagrados batendo ponto em seus locais de trabalho e saindo em seguida, deixando a população a mercê da sorte. O caso aconteceu em São Paulo.

Até quando esta situação prevalecerá? Respeitar as pessoas com a nós mesmo é um dosmandamentos bíblico.


Confira o vídeo em que a mãe, Lígia Souza, dá um emocionante depoimento à Anaildo Colônia, no programa Fala Povão:



CONFIRA A HISTÓRIA COMPLETA, EM NOSSO SITE, CLICANDO NO LINK ABAIXO:


2 comentários :

  1. esse é o quadro real do sistema de saúde brasileiro.
    Eunápolis é apenas uma pequena ramificação do deboche com o nosso povo sofrido.
    Dinheiro tem, só falta administração.

    ResponderExcluir