EUNÁPOLIS: CONTAS DA PREFEITURA SÃO REJEITADAS PELO TCM

O TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS REJEITOU AS CONTAS DA PREFEITURA DE EUNÁPOLIS, RELATIVAS AO EXERCÍCIO DE 2014  
Na sessão desta quinta-feira (10/12), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), rejeitou as contas da prefeitura de Eunápolis, da responsabilidade de Demétrio Guerrieri Neto, relativas ao exercício de 2014.
O relator, conselheiro Fernando Vita, solicitou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor e imputou multa de R$ 15 mil pelas falhas contidas no relatório técnico e de R$ 62.200,78, pela manutenção de gastos elevados com pessoal.

O prefeito também deverá restituir aos cofres municipais a quantia de R$ 388.005,06, com recursos pessoais, em função da apresentação de nota fiscal e/ou recibo em cópia (R$ 171.750,50), pelo pagamento de juros e multa por atraso na quitação de obrigações (R$ 120.254,56) e encaminhamento de nota fiscal em cópia ilegível (R$ 96.000,00).

Em dezembro de 2012, a despesa com pessoal da prefeitura de Eunápolis ultrapassou o limite de 54%, estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal, vez que foi aplicado o percentual de 55,40% da receita corrente líquida.

A administração municipal foi advertida a eliminar o montante excedente, sendo 1/3 em agosto de 2013 e 2/3 em abril de 2014, o que não ocorreu. No 1º quadrimestre de 2014, o gasto com pessoal atingiu o montante de R$ 112.969.401,05, correspondendo a 61,78% da RCL, caracterizando o descumprimento da legislação.
Cabe recurso da decisão.




Informações do TCM / Matéria copiada do Trabuco Notícias

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.