Política

Bolsonaro reassume presidência da República na manhã do dia 30, após cirurgia

Um novo boletim médico divulgado por volta das 17h desta terça-feira, 29, pelo Hospital Israelita Albert Einstein, onde o presidente Jair Bolsonaro está internado após se submeter à cirurgia da retirada da bolsa de colostomia, aponta que a recuperação do presidente segue estável.

"O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, manteve-se estável durante o dia, sem sangramentos ou qualquer outra complicação. Permanece em jejum oral, recebendo analgésicos e hidratação endovenosa. À tarde sentou em poltrona e realizou fisioterapia respiratória e motora com bom desempenho", informa o documento.
O texto ainda detalha que, "por ordém médica, as visitas são restritas". Bolsonaro foi operado na manhã da segunda-feira, 28, em procedimento com duração de sete horas, para retirar a bolsa de colostomia que utilizava desde o atentado à faca sofrido em setembro do ano passado, durante evento da campanha eleitoral.

Em coletiva de imprensa no hospital, o porta-voz Otávio de Rêgo Barros confirmou que Bolsonaro volta a assumir a presidência da República às 7hs da manhã da quarta-feira, 30. A previsão de 48 horas pós cirurgia para retornar ao cargo já havia sido estabelecida pelos médicos antes do procedimento. No momento, o vice-presidente Hamilton Mourão assume interinamente o cargo. Um gabinete foi montado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) ao lado do quarto onde Bolsonaro está internado para que ele trabalhe enquanto não recebe alta, prevista para 10 dias após a cirurgia. (Matéria do MSN).


PUBLICIDADE:

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.