Eunápolis

Eunápolis/Vídeo – Cidadãos fazem vigília para proteger documentos que seriam retirados da prefeitura

 


A atitude foi tomada por medo de que  documentos importantes sejam destruídos

Após o prefeito de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, Robério Oliveira (PSD), ter sido derrotado nas urnas pela candidata Cordélia Torres (DEM), muitas coisas começaram a acontecer. Primeiro, quatro jornalistas que saíram da oposição para se juntar ao grupo do prefeito, foram sumariamente demitidos.

Na manhã desta quarta-feira, 18/11/2020, populares flagraram um caminhão no pátio da prefeitura, sendo carregado com inúmeras pastas com documentos. Imediatamente a situação foi filmada, fotografada e informada ao grupo de oposição que ganhou as eleições, com a suspeita de que os documentos seriam levados para algum lugar onde seriam destruídos.

Os vereadores Jota Batista e Arthur Dapé, acompanhados de outras pessoas importantes no meio político, chegaram ao local e impediram que a ação fosse adiante.

Houve uma conversa com o secretário de Administração, Luís Otávio Borges, que afirmava que a denúncia era infundada, e que, segundo ele, a papelada seria levada a um local apropriado, conforme uma certa portaria, de março deste ano, mas cedeu à força da oposição que se perguntava o porque dessa atitude em fim de mandato. Os documentos então voltaram ao seu lugar de origem.

 

Um cidadão perguntou ao motorista do caminhão para onde estaria levando a carga e o mesmo disse não saber, o que gerou mais ainda um certa desconfiança. Diante disso, um grupo de cidadãos resolveu fazer vigília no pátio da prefeitura, de dia e de noite, para garantir transparência e que nada seria levado da prefeitura.

A vigília se divide em grupos de quatro pessoas, que se revezam durante a noite e o dia, numa missão cansativa, mas que garante a segurança de documentos e patrimônio do município. Uma ação digna e respeitável que merece aplauso da população.

Como Robério Oliveira, prefeito de Eunápolis, sua esposa
Cláudia Oliveira, prefeita e Porto Seguro e seu irmão Agnelo Santos, prefeito de Sta. Cruz Cabrália foram apontados pela Polícia Federal como integrantes de um esquema milionário de licitações que teriam desviado mais de R$ 200 milhões de reais, a população fica assustada com ações desse tipo e espera dos vereadores de oposição que atitudes sejam tomadas.

Uma equipe de transição será formada pela prefeita eleita e só depois disso é que a dita papelada será analisada e guardada em local apropriado.


À meia-noite, cidadãos se revesavam na vigília



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.