Crescimento de Bolsonaro assusta, e PT quer antecipar campanha de Lula




O ex presidente pretende lançar a pré-candidatura no início de abril, em grande ato em São Paulo, com a presença de Alckmin e aliados

 

A recente melhora no desempenho do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas pesquisas de intenção de voto causou apreensão no núcleo de decisões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá apressar a apresentação formal do ex-mandatário como pré-candidato petista ao Palácio do Planalto para o início de abril.

 

A data ainda não está marcada, mas o evento ocorrerá logo seja fechada a chamada janela partidária, ou seja, no dia 1º de abril, quando termina o prazo para a mudança de legendas ou filiações de quem concorrerá à eleição deste ano.

 


PT planeja grande ato em São Paulo, reunindo aliados e o ex-governador Geraldo Alckmin, escolhido como vice, e que ainda negocia sua filiação a algum partido da base de Lula, seja o PV, seja PSB.

 

Antes do lançamento oficial da pré-campanha, Lula fará duas viagens: uma delas será para Curitiba, no dia 18, a fim de participar da filiação do ex-senador Roberto Requião ao PT. Requião será o nome do partido para disputar o governo do estado.

 

A outra viagem será para o Rio de Janeiro, no dia 30 de abril, com o objetivo de participar do Congresso do PCdoB, sigla que se unirá ao PT e ao PV em uma federação pró-Lula.


FONTE: METRÓPOLES

 



COMPARTILHE ESTA MATÉRIA, CLICANDO NOS ÍCONES ABAIXO:

Bocão 64

AVISO: Os comentários dos internautas não representam a opinião deste site. Cada internauta é responsável pelo próprio comentário. Seja educado e não ofenda.

1 Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال