VIOLÊNCIA NO EXTREMO-SUL BAIANO

ONDA DE VIOLÊNCIA ASSOLA
EXTREMO-SUL DA BAHIA




Itabela, Eunápolis e Porto Seguro nunca foram necessariamente sinônimos de cidades pacatas, mas nos últimos anos o índice de criminalidade se tornou extremamente assustador. Os crimes não só acontecem com pessoas ligadas ao sub-mundo da marginalidade, mas também está se pronunciando entre pessoas de bem, culminando  até mesmo contra policiais, como o caso recente do perito criminal do Departamento de Polícia Técnica, Noelder Andrade de Oliveira,  43 anos, que foi morto a tiros, aparentemente numa emboscada, no bairro Dinah Borges.




Basta darmos uma olhada rápida nos sites regionais para vermos o sangue espirrando entre notícias cada vez mais escabrosas.  Pessoas são jogadas vivas de pontes e às margens da BR 101, outras morrendo em assentamentos agrícolas, em bares da cidade, outras simplesmente são atacadas em assalto nas suas residências. O caos dominando nossas ruas e bairros, tornando nossa cidade cada vez mais num círculo de violência e terror.


Nossos filhos vão à escola sob temor constante. Os assaltos acontecem a todo momento, indiferentemente se for dia ou noite. Meu carro teve a porta dobrada ao meio, em frente à uma das câmeras  de segurança espalhadas pelo centro da cidade, para que o ladrão pudesse levar uma lanterna que custa dez  "minréis", me deixando num prejuízo cinquenta vezes maior.

O império das drogas se alastra pelos quatro cantos, dominando as   mentes inexperientes de nossos adolescentes, que muitas vezes por falta de orientação familiar, acabam se enveredando por um caminho na maioria das vezes, sem volta.

A quem devemos culpar? A obrigação de oferecer segurança é do município ou do Estado? Eunápolis não é mais o mair povoado do mundo. É uma cidade em franco desenvolvimento que atrai todo tipo de gente, ansiosa por crescimento material.

Todos nós sabemos que a falta de cultura, boa educação, emprego e saúde,  aliadas à ociosidade dos jovens, que são impedidos pela lei, de trabalhar, se transforma a cada dia num estopim de bombas destrutivas que explodem a todo momento, espalhando a violência, nos impedindo de levar uma vida normal.

Somos reféns do medo patrocinado pela falta de competência administrativa de quem está no poder, seja municipal, estadual ou federal.

SOMOS VERGONHOSAMENTE CULPADOS, POR NÃO SABERMOS VOTAR OU PORQUE NÃO TEMOS OUTRAS ALTERNATIVAS DE VOTOS?





Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.