LEPRA OU HANSENÍASE: A DOENÇA MAIS ANTIGA DO MUNDO

DOENÇA MAIS ANTIGA DO MUNDO  

A doença mais antiga do mundo é a Lepra, conhecida no Brasil como hanseníase.

Segundo relatos históricos, esta enfermidade teria sido registrada pela primeira vez na história da humanidade em 1350 antes de Cristo.

A lepra era considerada uma praga na antiguidade. 

O tratamento para esta doença só foi desenvolvido na década de 1980. O problema é provocado por uma bactéria chamada Mycobacterium leprae (Hansen).

A lepra atinge os nervos e a pele, podendo levar a deformações. 

Os sintomas iniciais da doença são dores, sensibilidade em regiões do corpo, manchas vermelhas e dificuldade para realizar movimentos.

O Brasil é o segundo país no mundo com o maior número de casos de hanseníase, ficando atrás apenas da Índia. 

O tratamento da doença é chamado de poliquimioterapia.

Os povos antigos temiam muito a lepra, pois ela era conhecida por ressecar a pele e deformar nervos, músculos e ossos. 

A doença provoca muita dor e perda da sensibilidade. Durante muitos anos, os portadores da doença foram vítimas de preconceito.



Fonte: sitedecuriosidades

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.