“MENOR” MATA EX-NAMORADA GRÁVIDA POR DUVIDAR DA PATERNIDADE

ELE É “DE MENOR” E VAI PASSAR NO MÁXIMO TRÊS ANOS APREENDIDO  
Imagina uma cena: Você é pai de uma linda adolescente. Ela se envolve com um adolescente também. Ela engravida e por algum motivo terminam o namoro. Ele a mata suspeitando não ser o pai da criança. Ele destruiu uma família inteira e nossas leis só o manterão “apreendido” por no máximo três anos.

Nesta última segunda-feira (06) a Polícia Civil apreendeu um menor de 16 anos acusado de matar a ex-namorada de 17 anos que estava grávida de 07 meses. O corpo da adolescente identificada como Shayda Munielle foi encontrado em estado avançado de decomposição no Parque Ecológico Serra de Jaraguá (122 km de Goiânia).

De acordo com o delegado Marco Antônio Maia que é responsável pelo caso, o adolescente era ex-namorado da vítima e confessou o crime. “Ele disse que matou para acabar com boatos de que ele não era o pai da criança que ela esperava”, explicou o delegado.

O corpo de Shayda foi encontrado no último sábado (04) por um detento da cadeia da cidade que havia fugido na última sexta-feira (03). A polícia informou que o preso estava cruzando o parque para encontrar um comparsa que o ajudaria na fuga quando encontrou o corpo que estava a cerca de 50 metros do topo da serra. Quando a polícia recapturou o fugitivo ele informou que havia localizado um corpo e levou os policiais até o local que fica em uma área de difícil acesso.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e se dirigiu até a área onde estava o corpo da garota que foi recolhido e encaminhado à Polícia Técnico-Científica. O delegado explicou que desde o início suspeitava do adolescente pois ele manteve um relacionamento com a vítima na época em que ela engravidou. “Os dois namoravam e estavam separados há cerca de 05 meses, sendo assim ela engravidou ainda quando os dois estavam juntos, mas o menor suspeitava de que não era o pai da criança e disse que não suportava os comentários de populares de que ele havia sido traído, por isso a matou”, disse o delegado Marco Antônio. Ele completou ainda dizendo que o suspeito usou um pedaço de jeans para enforcar a ex-namorada. “Ele premeditou o crime, levou essa tira de pano e a chamou até a serra, após uma conversa ele a enforcou e depois jogou o corpo em uma ribanceira. Mesmo dizendo que está arrependido do que fez, acredito que ele agiu com muita frieza o tempo todo”, informou.

Após ser localizado, o menor foi levado inicialmente para a delegacia de Jaraguá, mas para preservar sua integridade física ele foi transferido para um local não revelado pela polícia. “A população está muito revoltada com esse caso pois ele participou do enterro da vítima, prestou apoio aos familiares, então, mostrou crueldade pois sabia de tudo o que tinha acontecido. Se deixássemos ele lá, seria linchado”, destacou o delegado. 

Segundo Marco Antônio, o menor vai responder pelos atos infracionais de ocultação de cadáver, homicídio e aborto. “Infelizmente pelas nossas leis, ele não passará mais do que três anos apreendido, apesar da crueldade do crime que cometeu ele estará de volta na sociedade em pouco tempo”, concluiu.

Você pode incentivar nosso trabalho clicando >>aqui<< para curtir nossa página no facebook.



Fonte: Plantão Policial

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.