INDIANO TEM PERNAS QUE NÃO PARAM DE CRESCER

A ÍNDIA É UM BELO PAÍS, DE UMA CULTURA EXTRAORDINÁRIA, MAS QUE TEM EM SEU HISTÓRICO, DOENÇAS MUITO ESTRANHAS  
O indiano Arun Rajasingh, de 34 anos, tem uma condição genética rara que fez com que uma de suas pernas crescesse absurdamente – atualmente, só a perna direita dele pesa 100 kg, o equivalente ao peso de um bebê elefante.

A condição de Rajasingh vem chamando a atenção de médicos do mundo todo, especialmente por causa do crescimento constante – quando nasceu, os médicos que o avaliaram disseram que ele teria no máximo algumas semanas de vida. Ainda que a previsão tenha falhado, o indiano não consegue ter uma vida de qualidade.

Com frequência, Rajasingh passa por tratamentos médicos e faz fisioterapia, além de tomar medicamentos que reduzem a dor nas pernas. Mesmo assim, isso parece ser o máximo em termos de tratamento, já que não há cura para a condição.

VIDA DE DIFICULDADES
Devido ao problema que o acompanha desde que nasceu, Rajasingh praticamente nunca andou e depende de uma cadeira de rodas para se locomover sozinho. Ele precisa também de ajuda para realizar tarefas simples, como vestir as próprias roupas e usar o banheiro. As duas pernas de Rajasingh são afetadas pela doença, mas a direita é ainda maior do que a outra.

Ainda que tenha vivido sempre com tantas dificuldades e já não conte com a ajuda da mãe, que morreu, o indiano não desiste de levar uma vida normal e de estudar – ele é engenheiro, mas não consegue emprego devido à condição.

Fã de Steve Jobs, Rajasingh sonha em montar a própria empresa de software e acredita que os desafios de saúde que enfrentou ao longo da vida são uma prova de sua força e determinação. Outro sonho do indiano é o de um dia conseguir sair de casa e ter uma vida social normal.





FONTE(S): MIRROR 

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.