ABSURDO: CORPO DE IDOSO DE 77 ANOS SÓ FOI RETIRADO DA CISTERNA APÓS 52 DIAS

VÍTIMA REALIZAVA OBRAS NO RESERVATÓRIO QUANDO CAIU. FATO ACONTECEU NO MUNICÍPIO DE RIO RELA, A 20 KM DE SALVADOR    
O corpo do idoso, de 77 anos, que caiu em uma cisterna há quase dois meses, só foi localizado na tarde deste sábado (12) por homens do Corpo de Bombeiros. O acidente ocorreu no município de Rio Rela, localizado a cerca de 20 km de Salvador, no dia 20 de janeiro.

O corpo de José Alves da Cruz foi encontrado por volta das 14h, contudo a força-tarefa para retirada do corpo foi realizada no último domingo (13). Segundo o corpo de bombeiros, esse tipo de trabalho é muito delicado devido a necessidade de preservação dos membros que ainda estão presos no barro.

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia acionou a Polícia Civil da cidade e o DPT (Departamento de Polícia Técnica) para realizar o levantamento cadavérico.

O trabalho de resgate realizado pelo 2º Grupamento de Bombeiros Militares foi de forma bastante minuciosa para evitar acidentes, como o deslizamento de terra, que poderiam causar uma nova ocorrência.

No mesmo dia em que o idoso caiu, homens do Corpo de Bombeiros foram acionados para realizar o resgate. Porém, por conta da instabilidade do solo da cisterna, a operação não pode ser concluída.

A pergunta que não quer calar: A apenas 20 km de distância de um centro de referência como Salvador, não havia recursos técnicos para a retirada do corpo imediatamente? Imagina a dor e o sofrimento da família ter que esperar quase dois meses para que a ação fosse concluída. 

O site Bocão 64 já postou uma matéria sobre o assunto. Para conferir clique >>AQUI<< .


Fonte: R7Ba / Fotos: Divulgação Corpo de Bombeiros

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.