HOMEM MATA FILHA DEPOIS DE RECEBER HOMENAGEM DE DIA DOS PAIS

AGENTE PENITENCIÁRIO CHEGOU A SER SOCORRIDO, MAS MORREU HORAS DEPOIS  
Um homem matou a filha e a mulher em Guaraci, no interior de São Paulo. O crime aconteceu depois de a adolescente homenagear o pai nas redes sociais.

Ninguém sabe explicar os motivos para o agente penitenciário Ronaldo da Silva Corrêa ter matado Anna Victória Corrêa e Rosicléia Oliveira.

Ronaldo e Rosicléia eram pais de três filhos. O mais velho morava no Mato Grosso. O filho caçula, de quatro anos, estava em casa no momento do crime. Porém, ele saiu correndo para a casa de vizinhos e conseguiu escapar.

Minutos antes do crime houve uma discussão e os gritos foram ouvidos pelos vizinhos. A adolescente, de 16 anos, foi a primeira a tentar fugir da casa.

Ela saiu correndo e o pai foi logo atrás armado e a mãe entrou na frente para proteger a menina. As duas foram mortas por oito disparos. Após atirar nelas, ele efetuou um disparo contra a própria cabeça. O agente penitenciário chegou a ser socorrido, mas morreu horas depois. O caso foi encaminhado para a polícia civil.





FONTE: R7 

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.