HOMEM FLAGRADO DEVORANDO CADÁVER DE UMA MULHER, REAGE À PRISÃO E ACABA BALEADO PELA POLÍCIA

ELE FOI DENUNCIADO PELA PRÓPRIA MÃE QUE VIU O FILHO MATAR A MULHER, DECAPITAR E COMETER O ATO DE CANIBALISMO NA PRÓPRIA CASA  
O sul-africano Aphiwe Mapekula, de 23 anos, foi flagrado pela própria mãe, matando, decapitando e devorando a vítima. Ela imediatamente chamou a polícia. O caso aconteceu em Mount Frere, na África do Sul.

Com a chegada dos policiais, ele reagiu à prisão, tentando agredi-los com uma faca. A polícia reagiu, efetuando disparos contra o mesmo. Atingido no braço, perna e estômago, ele foi socorrido ao Nelson Mandela Central Hospital, em Mthatha, Mapekula, onde ainda tentou atacar uma enfermeira e acabou passando por uma cirurgia de emergência, mas acabou morrendo três dias depois, em 12 de setembro, conforme informações do The Independent.

Vizinhos comentaram que ele teria problemas com drogas. Este foi o segundo caso de canibalismo naquele país.




Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.