PAI PRESO POR “VENDER” FILHA PARA UM “IRMÃO DE IGREJA" E OUTRO ESTUPRADOR, FOI LIBERADO COM UM DOS SUSPEITOS

Justiça manteve preso homem de 58 anos que foi flagrado no ato com a menina   
Um homem de 40 anos, que é pai da menina de 11, entregue para dois estupradores por R$ 200 reais, foi liberado juntamente com um dos suspeitos do estupro, que teria fugido do flagrante, mas foi identificado pela criança.

Já o elemento de 58 anos, que foi flagrado pela PM (Polícia Militar) com a garota teve a prisão preventiva decretada.

Os três passaram por audiência de custódia na manhã desta quinta-feira (03/05/2018) da 2ª Vara do Juizado Especial de Campo Grande. As decisões são do juiz Francisco Vieira de Andrade Neto. O caso é investigado em sigilo.

O crime
Na tarde de terça-feira, 01/05/2018, vizinhos perceberam que a criança estava numa casa localizada no bairro Parque do Lageado, região sul de Campo Grande, em companhia de dois homens.

A PM foi chamada e ao chegaram à casa, um dos PMs conseguiu ver por uma fresta, a criança sendo estuprada por um dos elementos, um homem de 58 anos. Imediatamente arrombaram a porta e prenderam o sacripanta.

A criança correu assustada em direção ao PM e relatou os abusos, informando que um “irmão de igreja”, teria fugido do local. Ele foi identificado e preso.

Questionado sobre a situação, o pai da menina disse que havia recebido R$ 200 para deixar a filha cozinhar na casa dos autores. O dinheiro seria usado para comprar “mistura”. A vítima foi recolhida pelo Conselho Tutelar e entregue à mãe dela.

A investigação está cargo do delegado da Depca (Delagacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). 

Informações do site Campo Grande News, texto adaptado por Carlos Rheiz

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.