Gerais

Chocante – Vídeo mostra recém nascida sendo resgatada após ser enterrada viva

Horas após ser enterrada viva, o bebê milagrosamente ainda respirava
Uma adolescente índia, de 15 anos, deu à luz, um bebê, no banheiro da casa onde vive, em Canarana, a 838 quilômetros de Cuiabá-MT, no início da tarde de terça-feira, 05/06/2018. Após o parto, a criança foi enterrada viva.

À tarde, uma denúncia anônima informou à Polícia Militar que um bebê teria nascido morto e em seguida enterrado pela própria família, sem os procedimentos legais.

A PM acionou a Polícia Civil e no período da noite, por volta das 22:00 hs foram até o local averiguar o caso.

Foram feitas escavações com enxadas, com os devidos cuidados para não destruir o corpo do bebê supostamente morto, que deveria ser levado ao Instituto Médico Legal (IML).

Para a surpresa de todos, assim que começaram a retirar a terra, ouviu-se um gemido, quase um choro e o policial gritou “a criança está viva!” Emocionados, os policiais iniciaram um trabalho delicado e conseguiram resgatar a criança, que, no momento, está muito bem.

Se vocês perceberam a descrição do espaço de tempo, do nascimento até o resgate, notaram que só por um milagre de Deus a “bebezinha” teve a garantia de vida. A família disse à polícia que achou que a criança tinha nascida morta e por isso a enterraram no quintal da casa. A polícia investiga o caso. A criança foi recolhida para cuidados especiais. Nesse momento há informações de que a avó teria sido presa. 

AVISO: O vídeo abaixo contém cenas que podem ser consideradas chocantes e não é recomendado para menores de idade ou pessoas sensíveis. Se você clicar no "play", estará automaticamente se declarando maior de idade e perfeitamente apto e responsável pelas suas ações:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.