crime

Santa Cruz Cabrália - Encontrado em cova rasa o corpo de indígena desaparecido em 2018


Segundo as investigações, ainda há pelo menos outros quatro envolvidos nesse homicídio
Na manhã desse sábado, 17/08/2019, a Polícia Civil de Santa Cruz Cabrália, com apoio da Polícia Militar, localizou, em cova rasa, na área de invasão denominada “Aldeia Faculdade”, o corpo do índio pataxó, Fabrício Santos Silva, 23 anos de idade, desaparecido desde 20/10/2018.

O corpo foi localizado após oitivas de Cariano Maia dos Santos, 19 anos e de seu irmão, Edicleudes Maia dos Santos, vulgo Sombra, 26 anos, também indígenas, presos no curso das investigações.

Os dois investigados foram presos em 26/07 pela Polícia Civil de Itororó após troca de informações com a Delegacia de Santa Cruz Cabrália, que já havia representado pela prisão da dupla em dois outros procedimentos investigativos.

Nesta segunda-feira, 19, o cadáver de Fabrício foi reconhecido por familiares em procedimento do Departamento de Polícia Técnica de Porto Seguro e passará por outros procedimentos de identificação.

Segundo as investigações, ainda há pelo menos outros quatro envolvidos nesse homicídio, motivado por desavenças entre os Bairros Carajás e Aldeia Nova Coroa.

A vítima, que apresentava lesões compatíveis com disparos de arma de fogo, possuía histórico de envolvimento com drogas e teria ido ao bairro onde foi encontrado enterrado para entregar um pacote de fraldas.

Além disso, os irmãos presos são investigados ainda por:

- Latrocínio de Renan de Jesus Santos, ocorrido em 04/03, na BR-367, em frente à entrada da Aldeia Faculdade, em Coroa Vermelha;

- Latrocínio de Silvane dos Santos Oliveira, ocorrido em 04/03, na Rua do Telégrafo, também próximo à Aldeia Faculdade, em Coroa Vermelha;

- Homicídio tentado contra Jailson Costa dos Santos, ocorrido em 28/03, em Coroa Vermelha;

- Homicídio tentado contra William Silvestrini dos Santos, ocorrido em 14/05, na entrada da Aldeia Faculdade, em Coroa Vermelha;

- Homicídio consumado de Rogério de Souza Dantas, ocorrido em 09/07, em Coroa Vermelha.

Em face das investigações em curso, já foram decretados dois Mandado de Prisão Preventiva pela Juíza Drª Tarcísia de Oliveira Fonseca Elias, Titular da Comarca de Santa Cruz Cabrália.

Fonte: DT SANTA CRUZ CABRÁLIA/ 23ª COORPIN

PUBLICIDADE:




Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.