Eunápolis

Eunápolis – Lia Maia, mulher guerreira, deixa saudades em sua viagem para as estrelas




Simplesmente uma grande mulher! Esta é a melhor frase que achamos para descrever uma mulher de fibra, que enfrentou vários obstáculos, lutando pela sua liberdade, felicidade e criação de sua família.

Lia Maia veio de Minas Gerais e se estabeleceu em Eunápolis, há algumas décadas, com seu esposo, um policial civil, que também já nos deixou.

Com um irmão ela montou a antiga Eletrônica Sanwa. Após romper comercialmente com seu irmão, respaldou a fundação da Maia Som, pelo seu filho Alick Maia, uma loja de referência na área de sonorização de automóveis.

Mãe de três filhos, Alick Maia, Walisson Maia e Leslie Maia, Lia enfrentou vários problemas de saúde, durante toda a sua vida, mas nunca deixou de ser extrovertida, feliz e muito amada pelos amigos e familiares. 

Após a morte prematura de uma neta, filha de Walisson, algo mudou nela, e, apesar de não demonstrar claramente, havia um grande vazio em seu peito, perceptível aos olhares de quem a conhecia bem.

Nos últimos meses ela contraiu Covid-19 e teve algumas complicações inclusive um AVC. Lia ficou internada no Hospital Luiz Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, por quase dois meses e faleceu na noite deste domingo, 24/01/2021, aos 86 anos de idade. O sepultamento aconteceu na tarde desta segunda, 25, no Cemitério Campo Santo, no bairro Alto da Boa Vista, em Eunápolis.

A equipe do Bocão 64 é solidária à dor da perda, pelos familiares e amigos. O redator deste site perdeu a sua melhor amiga.


CURTA NOSSO FACEBOOK

SIGA NOSSO INSTAGRAM

ENTRE EM NOSSO WHATSAPP

NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.