Política

Eunápolis - Vereador cobra conclusão da pavimentação da Avenida David Jonas Fadini

 

O vereador Renato Bromochenkel (Avante), de Eunápolis, usou a tribuna da Câmara Municipal para cobrar a retomada da obra de duplicação da Avenida David Jonas Fadini, que fica às margens da BR 101 (trecho que corta ainda para Itagimirim). Importante área comercial, o logradouro abriga dezenas de pontos comerciais de grande porte e dá acesso ao menos a nove bairros que margeiam a avenida, além de sediar instituições de ensino superior como o IFBA (Instituto Federal da Bahia) e UNEB (Universidade do Estado da Bahia). 

“Estou usando a tribuna deste parlamento para cobrar que a prefeitura tome providências para retomar a obra de duplicação da Avenida David Jonas Fadini, que está paralisada desde 2018. É lamentável essa situação, pois no trecho que a obra ficou existe inconclusa existe dezenas de empresas e dá acesso a milhares de pessoas”, disse Bromochenkel. 

O pleito não é recente. Em 2015, outro vereador, José Miranda (PSD), também apresentou indicação sugerindo a urbanização dessa Avenida. 

EMENDA PARLAMENTAR 

Em aparte, o vereador Jorge Maécio (PP) explicou que o projeto dessa obra, iniciado pelo município em 2017, previa a pavimentação de toda a avenida, até a entrada do Bairro Juca Rosa. Contudo, no trecho compreendido entre a Uneb, na entrada do Bairro Stela Reis, até a entrada do Bairro Rosa Neto, as obras seriam realizadas com recursos oriundos de uma emenda parlamentar do deputado federal Ronaldo Carletto (PP), no valor de R$ 2 milhões. 

O projeto original contemplava terraplenagem, pavimentação asfáltica, construção de ciclovia, calçadão, acessibilidade com passeio, adequação da rede de drenagem pluvial, melhoramento do sistema de iluminação pública, sinalização vertical e horizontal, além de paisagismo e urbanização, valorizando a entrada da cidade e melhorando a mobilidade de milhares de pessoas que trafegam por aquele importante logradouro. 

Em fevereiro de 2018 o município chegou a assinar contrato de repasse Nº 1041878-65/2017 com a Caixa Econômica Federal, que autorizava a pavimentação asfáltica desta via, fruto de emenda federal de Ronaldo Carletto. Segundo Jorge Maécio, foi feito três licitações, mas a obra não foi concluída e os recursos voltaram ao erário da União. 

“Já se passaram mais de três anos e nada e a retomada desta obra só será possível por meio de repasse do governo federal para o município. Isso tem deixado a população indignada, pois é uma obra estratégica para a melhoria do trânsito e da vida das pessoas que moram e circulam naquela região”, concluiu o parlamentar. 

 


Por Ascom/CME – Fotos: Urbino Brito 

 

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.