Eunápolis

Prefeitura de Eunápolis negocia com APLB e define reajuste de 4,52% para educadores já em novembro

Prefeita Cordélia Torres, presidente da APLB, Jovita Lima, e secretária de Educação, Cátia Sampaio



Em mesa de negociação entre a gestão municipal de Eunápolis e a APLB/Sindicato foi colocado em pauta o reajuste da categoria pleiteado por educadores, em que houve o alinhamento entre Prefeitura e sindicato, quanto à correção do índice salarial de 4,52%.

A gestão municipal propôs a adequação salarial para janeiro de 2022, abrindo o precedente para uma contraproposta, onde a APLB, representada pela sua presidente Jovita Lima e comissão sindical, reivindicou o reajuste já para a vigência em novembro de 2021, sendo prontamente acatado pelo governo.

 Prefeita Cordélia Torres participou de reunião com representantes da APLB/Sindicato


Com compromisso de estabelecer uma política pública que contemple os mais diversos setores da governança, o olhar da gestão municipal está voltado para os anseios dos educadores, em que pese ter se aberto reivindicação salarial proposta pela APLB em agosto de 2021 com solução dentro da razoabilidade 60 dias depois.

É importante ressaltar que o município de Eunápolis sempre esteve aberto às negociações das pautas dos educadores, ouvindo e fazendo valer a voz da categoria. Em discussões anteriores com outras pautas, a APLB já havia sido ouvida e atendida, dentro das possibilidades, quanto aos anseios da classe.

Reunião teve a presença de secretários, subsecretários, procuradoria-geral e membros da APLB

 

 Reunião entre gestão municipal e APLB ocorreu no gabinete municipal




SUCOM – Prefeitura de Eunápolis

 


 

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.