PMs dizem que mataram um jovem em confronto, mas um vídeo contradiz tudo

 




Uma nota foi emitida relatando confronto, versão contrariada por um vídeo

Um fato lamentável e inaceitável foi registrado na manhã de sexta-feira, 15/07/2022, em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano, quando um jovem de 24 anos foi morto durante uma abordagem policial.

Daniel da Cruz de Jesus andava pela rua, quando foi abordado por dois policiais que saíram de uma viatura descaracterizada. Daniel acabou sendo morto por um dos agentes que disparou três tiros.


Após o ato, foi emitida uma nota pela Secretaria de Segurança Pública, informando que houve confronto e que Daniel foi "atingido, desarmado e socorrido imediatamente ao Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, mas não resistiu”. A nota diz ainda que uma arma de fogo e drogas foram apreendias com Daniel. Na sequência, a PM afirmou que o comandante do 14º Batalhão "determinou a instauração de um inquérito policial militar, a fim de apurar as circunstâncias do fato, devendo ser concluído em um prazo de 40 dias". O texto informa, ainda, que as armas dos policiais foram recolhidas, e que serão periciadas.

Entretanto, um vídeo gravado por um internauta viralizou nas redes sociais, causando comoção e sentimento de decepção na população, contrariando claramente a versão da PM. Veja o vídeo e tire suas conclusões:




Após a repercussão do vídeo, os familiares da vítima protestaram em frente ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde o corpo estava sendo periciado, pedindo por justiça. 

Família da vítima diz que autor dos disparos foi policial militar — Foto Reprodução TV Subaé 





Bocão 64

AVISO: Os comentários dos internautas não representam a opinião deste site. Cada internauta é responsável pelo próprio comentário. Seja educado e não ofenda.

Postagem Anterior Próxima Postagem

نموذج الاتصال