EUNÁPOLIS: A GUERRA DA MÍDIA

A GUERRA DA MÍDIA  

Ultimamente em Eunápolis, um zum-zum-zum abestado nas redes sociais, na mídia web e principalmente nas rádios, vem ultrapassando os limites da aceitabilidade.


Todos sabem que nossa cidade se divide politicamente em duas partes: Quem apoia e quem é contra o ex-prefeito Robério Oliveira.

Todos também já sabem dos vários processos contra o "digníssimo", mas isso é um assunto para a justiça resolver e para o povo decidir se o mantém na política ou não, através do voto. Consequentemente existem partidários que o defendem com fervor, mesmo sabendo dos possíveis defeitos e, naturalmente, existem aqueles que não o aceitam em hipótese alguma, uma coisa perfeitamente normal.

A mídia local se divide em duas partes: Um pequeno grupo que o combate veementemente contra a maioria quase que absoluta que o defende com unhas e dentes.

O fato é que, graças à imprensa, ficamos sabendo de tudo (ou quase tudo) de bom ou ruim que nos honra ou nos emporcalha, nas atitudes políticas daqueles que nos representam. A partir dessa ideia surge uma grande voz, amada por muitos e odiada por outros, que se eleva aos brados, defendendo a honra e os valores morais que deveriam prevalecer nesses tempos difíceis onde mensalões “surgem do nada”, sob formas diferentes, sugando o sangue do pobre brasileiro que acaba pagando o pior preço possível, nos altos impostos e na opressão da sua dignidade.

A imprensa, principalmente as rádios, que deveria apenas informar, acaba cometendo uma guerrinha ridícula, alimentada por baixarias, xingamentos e até palavras de baixo calão, numa grande falta de respeito com as pessoas que assistem tudo, incrédulas e que, com certeza, já perceberam que a causa de tanto ódio explícito contra o único radialista que tem coragem de gritar seus ideais, é a defensa de possíveis benefícios financeiros ou políticos, como pagamento por um falso e hipócrita partidarismo.

O ser humano perde o valor existencial. Os ideais de honra, dignidade e respeito por uma causa coletiva acabam subjugados pela sede insana de poder e dinheiro.

Assistindo às brigas de cães e gatos, os leões, antes famintos, apenas esperam o resultado final dessas dolosas farpadas para depois darem o bote final e rirem à toa.

DEUS NOS ACUDA !!!

(Por Hugo Bocão)


Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.