SORRIA, PEIDAR FAZ BEM !!!

POR QUE NÓS PEIDAMOS E O QUE FAZ O CHEIRO SER TÃO RUIM?  

Muitas vezes tratado como algo de outro mundo, soltar gases é uma das reações mais naturais do corpo humano. Daquele engravatado de sucesso até a modelo internacional ou o tiozinho da padaria, cada pessoa é responsável, em média, por fazer de 10 a 20 puns por dia – sim, você também. 

De onde será que vem tudo isso? Uma pequena parte vem da ingestão de ar durante o sono, mas a maioria é produzida por bactérias no nosso intestino, que digerem partes da comida que nós não conseguimos consumir.


Nosso intestino é o habitat de trilhões desses organismos que vivem em relação simbiótica com o nosso corpo. Nós providenciamos um local seguro para que elas possam ficar e se alimentar enquanto elas nos ajudam a extrair energia dos alimentos. Outras vantagens que essa simbiose nos traz é a produção de vitaminas B e K, além de impulsionar nosso sistema imunológico e outras funções biológicas. É do nosso maior interesse manter essas bactérias sãs e salvas.


Elas ativam a fermentação de alimentos como proteínas e carboidratos para destrinchar o material em diversos elementos diferentes, e um deles são os gases. Gás hidrogênio (H2) e dióxido de carbono (CO2) estão entre os produtos gasosos desse processo, mas é importante ressaltar que eles não têm cheiro. 

Devido à presença de micróbios específicos no sistema digestor de algumas pessoas, pode haver a produção de gás metano, que também é inodoro. Sendo assim, de onde raios vem o cheiro ruim?

Quem ficou com a mão amarela?


Encontrado em menos de 1% dos gases que produzimos diariamente, os culpados pelo cheiro são os compostos voláteis de enxofre, como o sulfeto de hidrogênio (H2S) e o metanotiol (CH4S). Normalmente há uma intensificação do cheiro ou um aumento da produção dos puns conforme o consumo de aminoácidos e a ingestão de alimentos ricos em proteína.

Portanto, é bom ficar atento – ou pelo menos avisar os amigos – quando consumir coisas como feijão, laticínios, batata, derivados de trigo ou o famoso repolho. Como não temos as enzimas necessárias para digerir esses tipos de comida, as bactérias se encarregam totalmente do trabalho, o que causa mais flatulências.

Os gases podem ser incômodos, mas são sinais de que os processos intestinais estão funcionando corretamente. Então, seja educado e procure não mostrar o trabalho gasoso de suas amiguinhas bactérias em lugares fechados, afinal, você sempre pode ser deparar com um competidor à altura, não é?

DÊ BOAS RISADAS COM ESTES VÍDEOS:






Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.

1 comentários:

  1. UM BELO EXEMPLO DO YOUTUBE:
    PEIDO MUSICAL DE NATAL!!!
    VEJA ESTE VÍDEO:
    https://www.youtube.com/watch?v=fpjCixdhXfw
    GRATO

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.