WHATSAPP: DECISÃO JUDICIAL PODE TIRAR SERVIÇO DO AR EM TODO O BRASIL

BLOQUEIO NA JUSTIÇA POR RAZÕES NÃO REVELADAS DEIXA MILHÕES DE USUÁRIOS EM ALERTA  
São Paulo -- Uma decisão da justiça do Piauí pode tirar o WhatsApp do ar em todo o Brasil. Segundo reportagens dos sites O Globo e Época, o juiz Luiz Moura Correia determinou que a TelefônicaVivo suspenda o acesso ao serviço de mensagens, que pertence ao Facebook.

Uma foto do mandado judicial foi publicada no site da Época. O texto diz:
"Suspenda temporariamente até o cumprimento da ordem judicial, em todo território nacional, em caráter de urgência no prazo de 24 horas após o recebimento, o acesso através dos serviços da empresa aos domínios whatsapp.net e whatsapp.com, bem como todos os seus subdomínios e todos os outros domínios que contenham whatsapp.net e whatsapp.com em seus nomes e ainda todos números de IP (Internet Protocol) vinculados aos domínios já acima citados"

Na foto, não é possível ver o nome da operadora, que estaria no cabeçalho do mandato. Isso traz a suspeita de que o mesmo documento pode ter sido enviado também a outras empresas de telecomunicações.

O texto também não diz qual seria o motivo para o bloqueio. A Época afirma que a razão para isso é que o processo que determinou a suspensão corre em sigilo na justiça.

A decisão teria sido tomada em 11 de fevereiro e comunicada à telefônica no dia 19. A empresa estaria, agora, numa batalha judicial para cassar o mandato.

EXAME.com entrou em contato com a assessoria de imprensa da Telefônica Vivo, que prometeu enviar uma posicionamento da empresa. Vamos atualizar este texto assim que tivermos uma resposta.

Clique  para curtir nossa página no facebook.


Fonte: http://www.msn.com/pt-br/noticias/ciencia-e-tecnologia/decis%c3%a3o-judicial-pode-tirar-whatsapp-do-ar-em-todo-o-brasil/ar-BBhXQ3c?ocid=iehp

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.