INDONÉSIA: BRASILEIRO PODE SER EXECUTADO A PARTIR DE TERÇA-FEIRA

FAMÍLIA E GOVERNO BRASILEIRO TENTAM DESESPERADAMENTE TRANSFORMAR A PENA DE EXECUÇÃO EM PRISÃO  
O brasileiro Rodrigo Muxfeldt Gulart, de 42 anos, condenado à morte na Indonésia por tráfico de drogas, recebeu, neste sábado 25/04, a  notificação do governo de que será executado por fuzilamento a partir de terça-feira, 28/04. Segundo as leis daquele país, a notificação deve ser feita com até 72 horas antes da execução, o que subtende-se que o acusado não será poupado.

Rodrigo foi preso em julho de 2004 por tentar entrar naquele país com 6 kg de cocaína escondida em uma prancha de surf. No ano seguinte foi condenado à morte. Caso se cumpra a sentença, ele será o segundo brasileiro a ser executado.

Mais oito pessoas condenadas pelo mesmo delito  também foram informadas sobre a execução: Dois australianos, uma filipina, três nigerianos, um ganês e um indonésio.

O Governo brasileiro tenta mais uma vez interceder pela vida do condenado com a alegação do mesmo sofrer de esquizofrenia,  mas, seguindo a linha do que vem acontecendo, as probabilidades de sucesso são mínimas.
Seu apoio é tudo: Clique >>AQUI<< para curtir nossa página no facebook.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.