PEDRINHO, MAIS UM ANJO NO CÉU

O GAROTO PEDRINHO INFELIZMENTE NÃO AGUENTOU ESPERAR PELO APOIO DO GOVERNO   
A família do garoto Pedro Gomes de Oliveira, o nosso Pedrinho, informa, através de voluntários pela campanha, nas redes sociais, que o garoto não resistiu e faleceu neste domingo, 09/08, dia dos país, às 14:45 hs, no Centro de Tratamento Intensivo Pediátrico, no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, onde estava internado há mais de um ano, esperando pela decisão de apoio da união para a realização de uma cirurgia que só é feita com esperança de sucesso, em Miami, nos Estados Unidos. No Brasil a cirurgia ainda está em desenvolvimento e não obteve sucesso nas experiências feitas.

O estado do menino se agravou com um quadro de infecção que vinha se desenvolvendo há aproximadamente uma semana, comprometendo vários órgãos, principalmente os rins, causando a sua morte.

Há cerca de 15 dias, a 10ª Vara Federal de Minas Gerais concedeu liminar à família da criança para que a União arcasse com a responsabilidade sobre as despesas para a remoção do garoto e família até os EUA, onde seria feito a cirurgia no Jackson Memorial, em Miami, mas a demora foi grande e infelizmente o garotinho perdeu a vida.

Pedrinho, nascido em Eunápolis, em 14 de julho de 2014, precisava de um transplante das vísceras, por ser portador da Síndrome de Intestino Curto. Desde que foi descoberto seu problema, uma campanha acirrada foi feita pela sua sobrevivência e transformou o garoto no maior símbolo de união e fé de um povo todo unido, focado num único objetivo.

O garoto Pedrinho hoje está no céu, mas viverá para sempre, em nossas mentes, como um grande e ilustre cidadão eunapolitano.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.

1 comentários:

  1. Enquanto ladrões roubam nosso país, através de uma política suja, nosso povo vive nas filas de hospitais ou mendigando melhorias de vida.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.