Bizarro

Pintor matou e enterrou pelo menos 07 corpos em sua residência

Cenário de horror mostra corpos enterrados na residência do maníaco 
Mais uma história de terror protagonizada por um serial killer é descoberta no Brasil. O pintor de paredes Jorge Luiz Morais de Oliveira, de 41 anos é acusado de matar pelo menos 7 pessoas e esconder os corpos em sua residência localizada na Favela Alba, em São Paulo. Ele confessou que desde o começo do ano, matou 6 pessoas, mas vai responder por 7 homicídios, que é o total de corpos encontrado em sua casa.


A delegada responsável pelo caso informou que não consegue definir um criminoso como ele. “Difícil definir alguém que durante o dia é prestativo, ajuda a comunidade e à noite mata”.



Vizinhos relataram aos policiais que apesar do acusado estar sempre com uma pá e enxada, o mato nunca diminuía. Acredita-se que muita coisa ainda virá à tona, já que famílias de desaparecidos começam questionar e direcionar suas queixas ao fato.
O advogado disse que se trata de uma pessoa consumida pela droga. O pintor tem uma longa ficha criminal onde ficou preso por 17 anos e 09 meses por dois homicídios em 1994 e 1995. Depois ele se envolveu em rebelião de presos e também respondeu criminalmente por sequestro, cárcere privado e formação de quadrilha e deixou a cadeia no dia 07 de novembro de 2013.
Um popular informou ainda que o acusado costumava beber em um bar da região e que ele não fazia questão de esconder o desprezo que tem por homossexuais e usuários de droga.




PUBLICIDADE:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.