BAHIA: CINCO PESSOAS PRESAS POR ESQUEMA DE SONEGAÇÃO FISCAL

SEGUNDO AS INVESTIGAÇÕES, O PREJUÍZO AO ERÁRIO CHEGA A CERCA DE R$ 27 MILHÕES  
Durante a ‘Operação Borda da Mata’, que desmontou um esquema fraudulento de sonegação fiscal e uso de ‘laranjas’ por um grupo formado por 12 empresas, cinco pessoas foram presas em municípios baianos e oito armas foram apreendidas.

As investigações apontam ainda para várias práticas criminosas cometidas pelo grupo: constituição ou compra de empresas em nome de familiares e em nome de empregados sem condições econômicas para tanto; simulações sucessivas de alterações nos contratos sociais das empresas para modificar os quadros societários e confundir a fiscalização; realização de compras e transporte de mercadorias diversas, cujos veículos fogem da fiscalização por meio de desvios localizados próximos aos postos fiscais; indícios de blindagem patrimonial, por meio de doação de bens a familiares; e emissão de documentos fiscais em nome de empresas fictícias.

Segundo as investigações, o prejuízo ao erário chega a cerca de R$ 27 milhões, valor do crédito reclamado em nome das empresas, que atuam principalmente no setor de distribuição alimentícia.

A operação foi articulada pela força-tarefa realizada pelo MP-BA (Ministério Público estadual), Sefaz (Secretaria Estadual da Fazenda) e SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública) e acontece nos municípios de Salvador, Jequié, Vitória da Conquista, Itiruçu, Gongoji, Ibicuí e Itamari.




Fonte: R7

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.