ELEIÇÕES 2016: CORRIDA AO PODER

A CAMPANHA ELEITORAL MUNICIPAL DE 2016 COMEÇOU NA ÚLTIMA TERÇA-FEIRA, 16  
A campanha eleitoral municipal de 2016 começou nesta terça-feira, nas 5.568 cidades brasileiras. De hoje até o dia 2 de outubro, quando os brasileiros irão às urnas para escolher vereadores e prefeitos, e, em algumas cidades, até o dia 30 de outubro, data do segundo turno, os postulantes aos Executivos e Legislativos municipais se verão diante da nova realidade criada pela mini reforma eleitoral aprovada no Congresso em 2015 e pelos atuais escândalos de corrupção: Há menos tempo e menos dinheiro para disputar o voto de um eleitor cada vez mais descrente na classe política.

Uma guerrinha pelo poder se trava nesse momento em todos os municípios brasileiros, cujas armas são as boas falas e os belos discursos. A disputa pelo poder não se resume somente ao período eleitoral, mas se desencadeia a partir do momento em que um candidato é considerado eleito, assumindo seu mandato. O que ele fará no período que lhe foi concedido pelos eleitores é que vai definir o resultado da próxima disputa eleitoral.

Guerreiros viris, destemidos ou carcomidos pelo tempo, guerreiros valentes ou praguejados por adjetivos que lhes são imputados pelo povo, não importa, eles estarão presentes nas vidas dos brasileiros, mostrando veementemente os seus nomes e os seus “feitios”, querendo a todo custo ganhar sua atenção, seu carinho, seu respeito, seu voto.

Esse é um momento visivelmente aterrorizante para aqueles que pretendem se perpetuar no poder ou simplesmente, entrar em um jogo diferente, na ânsia de se tornar um marco no cenário político regional e quem sabe, depois, criar asas e partir para novos mundos, como deputados, senadores, governadores e quem sabe, presidente, por que não?

Todos sonham alto, mas nem todos tem o dom e o carisma de serem  focados com os bons olhos do cidadão comum, que banca financeiramente essa guerrinha, através de impostos tirados de seu trabalho suado.

Honestos, desonestos, corruptos ou não, trabalhadores, preguiçosos, empreendedores, etc, são apenas adjetivos que podem ser mudados com a “engenharia” das palavras, dos acordos ou das jogadas, porque tudo não passa de ... um jogo. Um jogo que não depende apenas de sorte, mas sim de muito “treinamento” durante os quatro anos de mandato, através dos “conchavos” e assessorias. Quem tiver melhor equipe, normalmente vence e poderá levantar orgulhoso, a taça de “campeão”.

Segundo o sistema de registro de candidaturas do TSE, as eleições deste ano contarão com 9.186 candidatos a prefeito e 247.338 candidatos a vereador, cargo para o qual há 37.312 vagas. De acordo com o TSE, as mulheres são 52% do colégio eleitoral brasileiro; os homens, 48%. Entre os candidatos, no entanto, eles são 69% e elas apenas 31%.

Em Eunápolis duas mulheres em duas coligações diferentes, disputam o cargo de prefeita, contra duas candidaturas masculinas.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.