ABSURDO: VÍDEO MOSTRA UMA TRAVESTÍ E A IRMÃ SENDO ESPANCADAS POR TRÊS HOMENS

HAVIAM MUITAS PESSOAS AO REDOR QUE ASSISTIAM A TUDO, IMPASSÍVEIS, SEM DEMONSTRAR NENHUMA REAÇÃO DE SOCORRO ÀS VÍTIMAS  
Estão presos os três homens flagrados espancando brutalmente uma travesti e sua irmã no último domingo em Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro. Ela sofreu lesões na cabeça e no corpo.

Nas imagens divulgadas em rede social, os três agressores aparecem espancando a travesti. Mesmo caída no chão e desacordada, ela leva vários chutes e pauladas. A irmã da vítima tenta defendê-la e também é agredida.

O delegado que investiga o caso disse que “quem chuta a cabeça de alguém desfalecido, por minutos ao chão, está claramente assumindo o risco de um resultado fatal”.

Testemunhas contaram que a confusão começou dentro de uma van. Um dos homens ofendeu e agrediu a travesti e ela reagiu com uma faca. A polícia não tem dúvidas de que a motivação do crime foi homofóbica.

Cleiton da Silva, Rodrigo Luis Soares e Jorge Batista Inácio, tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça. Eles vão responder por tentativa de homicídio qualificado. O delegado disse que os três “alegaram legítima defesa” e que se disseram arrependidos.

Luciana, a irmã da travesti Taísa disse que ficou impressionada com a reação das pessoas que não fizeram nada, assistindo o espancamento sem esboçar nenhuma reação de defesa das vítimas ou tentativa de contenção dos agressores.

Taísa falou que esta foi a primeira vez que sofreu preconceito em seis anos que virou travesti e afirmou ainda que, após assistir o vídeo, percebeu que a intenção dos rapazes era de matá-la.
Clique aqui para curtir nossa página no facebook.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.