DIA DE CÃO: FUNCIONÁRIO DA CAIXA ATIRA EM COLEGAS E COMETE SUICÍDIO

AINDA NÃO HÁ DETALHES SOBRE O QUE MOTIVOU A AÇÃO DO ATIRADOR EM SALVADOR  
O funcionário da Caixa, Glei Mário de Lemos Leal, de 51 anos, disparou contra duas colegas de trabalho, no 15º andar do edifício Empresarial 2 de Julho, na avenida Paralela, na tarde desta quarta-feira (21), em Salvador. Segundo informações de testemunhas, o homem teve um ataque psicótico e atirou também contra aquele que seria seu principal alvo, o coordenador do setor de FGTS da Caixa Econômica Federal, Jorge Oliver, que conseguiu escapar.

As vítimas dos disparos são Marinoélia Andrade, atingida na cabeça. Ela foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado e seu estado de saúde é grave. A outra, identificada como Jucilene Matos Silva, foi encaminhada para o Hospital São Rafael — seu quadro de saúde não foi informado pela unidade médica. Após o crime, o atirador cometeu suicídio.

Há dez anos ele movia uma ação contra o banco federal reclamando ação trabalhista. Segundo depoimento de colegas, o estresse pode ter sido um dos motivos que o fez perder o controle.
Colegas de trabalho disseram que ele apresentava um perfil calmo e pacato, e estava trabalhando normalmente. Entretanto, foi percebida sua irritação um pouco antes de realizar os disparos.
 Se você presenciou ou sabe de algum fato interessante, acidente ou crime, nos envie a história com fotos ou vídeos. Adicione nosso whatsapp: (73) 9 8121-7618.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.