SERÁ O NOSSO FIM? ASTEROIDE VAI SE CHOCAR COM A TERRA EM FEVEREIRO?

MAS UM FALATÓRIO SOBRE O FIM DO MUNDO MEXE COM IMAGINÁRIO DAS PESSOAS  
Quem vive desejando o final do mundo, talvez tenha motivos para ficar feliz. Desde o ano passado, a NASA está investigando a trajetória de um asteroide que parece cada vez mais próximo da Terra com uma rota ainda não determinada. Tenha medo!

Os cientistas então perguntaram: Será o nosso fim? Eles buscaram respostas para saber onde o corpo rochoso passaria. Após estudos intensos, as notícias para os que querem a destruição da Terra talvez não sejam tão boas... É que no início desse ano a NASA refez seus estudos sobre a trajetória dele e concluiu que talvez ele não fosse uma ameaça. 

Na primeira semana de janeiro eles foram ainda mais longe e concluíram que o tal asteroide passaria relativamente longe daqui... Segundo o relatório oficial, o grande bloco de pedra, batizado de 2016 WF9 passará por aqui em 25 de fevereiro, a 51 milhões de quilômetros da Terra. 

Ficaram aliviados? Não fiquem, porque há um homem que pensa diferente e o medo continua por ali! O Dr. Dyomin Damir Zakharovich, um russo que se auto-intitula "especialista em meteoros", disse algo diferente do que a NASA. Segundo o russo, o asteroide vai bater no nosso planeta em 16 de fevereiro, e poderá matar milhões de pessoas. "O objeto saiu do sistema Nibiru, quando este girava ao redor do Sol, em outubro do ano passado. A NASA sabe que ele atingirá a Terra", comentou em entrevista ao Daily Mail.

Aparentemente ninguém acredita nele, mas o cientista diz que muitos funcionários da NASA nesse momento estão quebrando a cabeça para descobrir formas de conter essa ameaça. Se ele estiver dizendo a verdade, então podemos ter pouco tempo! 

OPINIÃO DO EDITOR: 
Melhor pagar as contas atrasadas e tirar umas férias... E a propósito, neste domingo, 5, um asteroide de 94 metros de diâmetro passará perto da terra, a uma distância de 2,7 milhões e quilômetros e não há risco de colisão. Ele está sendo observado, inclusive por cientistas brasileiros. No dia 12 de outubro, outro objeto, menor - com 19 metros de diâmetro - chegará ainda mais perto: 38.400 quilômetros da superfície do planeta, distância equivalente a um décimo da distância entre nosso planeta e a lua. Bem próximo mesmo. Antes desse, em setembro, outro passará raspando aqui a 153 mil quilômetros de distância e tem 11 metros de diâmetro. Qualquer um desses, em caso de colisão, causará estragos inimagináveis. Usem a imaginação...

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.