PRIMO CONFESSA À POLÍCIA TER MATADO A MENINA DE 12 ANOS, “SENTI VONTADE DE MATAR”

ELA FOI ESTRANGULADA PELO PRIMO DE 16 ANOS  
O corpo da menina Ana Íris, de 12 anos de idade, foi encontrado já em estado de decomposição, em um morro próximo à sua residência, na última terça-feira, 26/09/2017. 

Populares desconfiaram que o primo dela, de 16 anos de idade, estaria envolvido no crime, fizeram pressão e ele acabou confessando. O elemento sofreu várias agressões dos moradores, inclusive facadas. No momento se encontra internado num hospital da região.

No hospital, ele disse à polícia que não violentou a prima, mas a estrangulou no morro onde o corpo foi encontrado, no mesmo dia em que ela sumiu (10/9).

Questionado sobre a motivação do crime, respondeu apenas: “Sei lá. Senti vontade de matar”.  Contou ainda que foi duas vezes ao matagal depois que matou a garota.  Ele é ajudante de pedreiro e alegava que estaria numa obra, o dia do crime.

Como nossas leis não castigam esse tipo de gente, ele vai ficar livre em no máximo três anos, enquanto que a família da vítima vai sofrer ao se lembrar do caso, por toda a vida.

VEJA TAMBÉM: Deficiente físico é covardemente agredido por segurança de balsa, em Porto Seguro. 


Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.