Gerais

Bahia – Mulher mata a mãe à pauladas, rouba R$ 10 mil e é solta com base na lei eleitoral

Segundo a polícia, suspeita confessou o crime e apontou dois comparsas. Vítima tinha 70 anos
Euzébia Matos da Costa, de 50 anos de idade, foi presa na segunda-feira, 01/10/2018, autuada por latrocínio, após confessar que matou a mãe de 70 anos, à pauladas dentro da própria casa, para roubar R$ 10 mil reais, na noite de sábado, (29/09), no povoado de Laje do Santo Ambrósio, na zona rural de Cansanção, no norte da Bahia.

Ela ainda apontou dois comparsas, um homem, que seria seu ex-companheiro e uma mulher, que estão sendo procurados.

Euzébia chegou a ir no velório da mãe, mas foi presa no dia seguinte, após receber uma “camaça” de pau de populares revoltados que descobriram o crime. Ela foi salva pela polícia. O dinheiro não foi recuperado.

A assassina recebeu liberdade provisória depois de uma determinação da Justiça, na quarta-feira, baseada na Lei Eleitoral.

De acordo com o Art. 236 do Código Eleitoral, nenhuma autoridade poderá, desde 5 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto. Como não houve flagrante, a lei foi aplicada nos conformes.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.