Gerais

Porto Seguro – Turistas relatam violenta agressão em Caraívas

Vítimas relatam graves agressões, muito medo de morrer e cárcere privado
Um vídeo circula nas redes sociais, mostrando o relato dramático de uma família de Poços de Caldas, sul da Minas Gerais, reportando uma violenta agressão que teriam sofrido em Caraívas, distrito do município de Porto Seguro, extremo sul da Bahia.

Segundo o relato de Júlio, chefe da família, na tarde do dia 04/01/2019, ele e sua família, estavam em companhia de amigos que residem em Trancoso, curtindo o verão local, quando, num estabelecimento, a filha deles, menor de idade, resolveu comprar uma porção de açaí. A vendedora falou que não tinha troco para a nota de R$ 20 reais. A mãe da menina procurou a vendedora para resolver a questão, quando foi agredida. A criança começou a chorar, chamou o pai e os amigos que se aproximaram tentando entender e então a partir daí começou uma enorme confusão.

Segundo o relato do vídeo, a mãe da criança teria recebido um golpe no rosto, que quebrou os óculos e deixou machucados. Em seguida o local foi tomado pelos nativos que, sem entender a verdade, protegiam a vendedora.
Segundo os relatos no vídeo, eles teriam sido cercados com ameaças de agressão e impedidos de deixar a ilha pacificamente. O grupo, que contava com idosos e crianças, teria sido agredido brutalmente e mantido em cárcere privado, enquanto os barqueiros se recusavam a transportar as vítimas, a pedido da horda que os cercavam.

Os turistas, que vieram comemorar no local o aniversário da filha, voltaram arrasados, machucados e envergonhados pelo triste episódio, relatam ainda que nenhum comerciante ou outros turistas, tentaram intervir ao seu favor.

A polícia precisa averiguar o fato, a verdade tem que vir à tona e a Justiça precisa ser acionada, para evitar que esse pesadelo se repita. Se for constatado que relato dos turistas realmente procede, não é aceitável que uma situação dessa permaneça impune, onde nativos e comerciantes se acham no direito de criar suas próprias leis, agredindo covardemente pessoas indefesas que ali chegam para gastar o seu dinheiro. A prefeitura também precisa tomar providências, afinal de contas, o turismo é a maior fonte de renda do município.

O relato do vídeo é emocionante e intrigante. Confiram:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.