Política

Conselho do MP arquiva ação contra Deltan Dallagnol no caso Moro


Segundo a decisão, "a veracidade dos elementos de prova não pode ser comprovada, além de não ser possível verificar adulterações"
O Conselho Nacional do Ministério Público arquivou, nesta quinta-feira (27), representação para instaurar sindicância contra os procuradores da força-tarefa da Lava Jato com base em reportagens com supostos diálogos atribuídos a eles e ao ex-juiz federal Sergio Moro.

Entre os envolvidos na ação aparece o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol. Segundo a decisão do corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira, "a veracidade dos elementos de prova não pode ser comprovada, além de não ser possível verificar adulterações".

Moreira também entende que não há elementos que justifiquem a abertura de reclamação disciplinar contra os procuradores "considerando a ausência de qualquer elemento que indique materialidade de ilícito disciplinar imputado". (R7).
PUBLICIDADE:


Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.