Aborto

'Impedir o aborto seria violência maior que o próprio estupro', diz médico de menina de 10 anos

Ginecologista responsável por caso de criança, vítima de crime praticado por um tio, falou sobre procedimento realizado nesta segunda e lamentou a hostilidade de manifestantes
Com mais de 30 anos de profissão, o ginecologista Olímpio Barbosa de Morais Filho, diretor do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), da Universidade de Pernambuco, se surpreendeu ontem com o protesto na porta do hospital contra a realização do aborto em uma criança de 10 anos, vítima de um estupro praticado pelo tio. Cerca de 200 pessoas vinculadas a grupos religiosos conservadores bloquearam as entradas da maternidade e chamavam o médico de assassino. “Trabalho com mulheres vulneráveis e vítimas de violência sexual há décadas e nunca passei por situação parecida. Nunca recebi nenhum tipo de agressão, nem mesmo quando fizemos o aborto de uma criança de 9 anos, grávida de gêmeos”, afirmou. Nesse caso, ocorrido em 2009, a menina havia sido estuprada pelo padrasto e o médico foi excomungado pela Igreja Católica.


A criança capixaba estava grávida de 22 semanas e 4 dias. O aborto foi concluído nesta segunda-feira (17) por volta das 10h, quando o feto foi expulso, após cerca de 15 horas desde o início do procedimento. Segundo Morais, tudo começou às 17h de domingo, com a aplicação da medicação específica para provocar a inviabilidade fetal. Mais tarde, a criança recebeu a medicação para induzir o abortamento. Por ser um processo que pode ser doloroso em alguns casos, a criança também recebeu medicamentos para aliviar as dores das cólicas e contrações. Hoje à tarde, a menina será submetida a uma curetagem, para evitar que qualquer resquício fique dentro do útero.

“Nessa idade gestacional às vezes a placenta não sai completamente e pode causar uma hemorragia. Por isso a gente faz a curetagem, que é essa limpeza do útero para que fique tudo perfeito e ela não tenha nenhum tipo de problema”, explicou Morais. A criança está bem e deve receber alta amanhã.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.