Curiosidades

Inseparáveis: Nem a morte conseguiu separar o cão fiel do lado do dono

 

Parintins (AM) – O cão de nome Fiel, de 02 anos, é a prova de que o cachorro é o melhor amigo do homem. Ele se mantém ao lado do seu dono Paulo Sicsú, de 73 anos, que faleceu na madrugada desta sexta-feira (21), vítima de infarto. Paulo está sendo velado na Funerária Bentes, em Parintins.

De acordo com o neto de Paulo, Rafael Pontes Corrêa, de 26 anos, Fiel e seu Paulo Sicsú eram inseparáveis. Tanto que quando seu avô passou mal e foi conduzido ao hospital Jofre Cohen, por volta das 6h de quinta-feira (20), Fiel foi junto na ambulância.


Em acordo com a direção do hospital, Fiel pôde ficar deitado aos pés do seu dono no leito da unidade. Os dois só foram separados quando o quadro de Paulo Sicsú se agravou e ele foi para a unidade de cuidados intermediários (UCI).

Seu Paulo, que morava no bairro da Francesa, faleceu às 01h20 desta sexta e o corpo foi conduzido para a funerária onde está sendo velado desde às 03h. Fiel foi junto.

Na funerária, o cão não sai de perto de seu amigo. Fica triste, as vezes não deixa outras pessoas se aproximar do corpo e de vez em quando agrada seu dono, como relata Rafael. “Eles eram inseparáveis. Meu avô me disse que quando ele fosse seu cachorro ia com ele. O cachorro dele é fiel mesmo. O apelido dele é Tico. Eles repartiam a comida, nunca deixou ele na mão. Eu fiz um trato com meu avô que se o Tico vivesse eu ia cuidar bem dele. Gosto muito de animais também. Sou um cara simples, mas de coração, trabalhador. Se ele ficar comigo vou cuidar dele para lembrar do meu avô”, disse o neto de seu Paulo.

 


Por Gilson Almeida
Fonte Parintins 24hrs

 

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.