Eunápolis

Eunápolis – Fibras óticas sempre arrebentadas geram uma pergunta: Vândalos ou concorrência desleal?

Poste na Feira do Pequi/Poluição visual / Foto: Carlos Reis / Bocão 64


O assunto é sério e a Polícia precisa investigar esse fato recorrente que tem prejudicado milhares de pessoas continuamente

Um fato tem chamado a atenção dos usuários de internet Fibra Ótica, na cidade de Eunápolis, no extremo sul da Bahia: Constantemente cabos são arrebentados propositadamente, deixando usuários à ver navios.

Conversando com funcionários das várias provedoras que estão sempre consertando a rede, os comentários são os mesmos: vândalos. Entretanto tem sempre alguém dizendo que talvez sejam alguns concorrentes que provocam o caos, mas é claro que não podemos afirmar isso, mesmo porque seria um caso de extrema baixaria. Será que alguém teria a capacidade de prejudicar milhares de pessoas em nome de uma concorrência desleal? Será...? Será...?

Foto de Brett Sayles no Pexels


A cidade cresceu, aumenta a cada dia os usuários de internet fibra ótica, gerando uma disputa acirrada por uma fatia do mercado. Os preços despencaram a partir do momento em que uma grande operadora de telefonia resolveu cobrar R$ 99,00 mensais por 200 megas.

Recentemente uma grande operadora de celular anunciou sua própria rede, com carreata pela cidade, concorrendo com os vários provedores já existentes.

Rua do Bairro Pequi - Fiação caindo


Na segunda-feira, 08/11/2021, fizeram um grande estrago numa rede de internet no bairro do Pequi, prejudicando milhares de usuários por quase o dia inteiro, causando vários tipos de prejuízos. Veja abaixo o recado emitido pela empresa provedora:

“Prezados clientes,

Devido a um ato de vandalismo em um de nossos concentradores  que atende ao bairro pequi, ocasionou uma paralisação parcial, ao qual interfere outros bairros também. Concentrador do pequi atende: Pequi, Juca Rosa, Rosa Neto, Arnaldão, Alecrim, Sapucaeira, Urbis 3, Santa Isabel ... Equipe técnica está no local , resolvendo.”



Às 23:00 hs de terça-feira, 09, mais uma vez a nossa internet foi “pras cucuias”. Fizemos todos os procedimentos possíveis, mas só foi restaurada no dia seguinte:

A noite toda sem internet. O fato poderia ser resolvido com um simples apertar de botão na provedora


Além de deixarem as ruas poluídas com fiação caída e fora de padrão, os provedores de internet estranhamente não oferecem suporte à noite. Às vezes o caso pode ser resolvido com um simples “apertar de um botão” na empresa provedora. Esse fato deveria ser questionado pela Justiça. Internet é coisa séria. Cada provedor deveria ter uma equipe noturna, afinal quem cobra pelo serviço tem obrigação de oferecer suporte técnico.

Emaranhado de fios em postes: poluição visual


No bairro do Pequi, pode-se observar constantemente fios partidos no chão, com certeza propositadamente. O mais estranho é que nenhum vândalo arrebenta os cabos telefônicos comuns, cuja comercialização não existe concorrência... (e bota estranho nisso).

Tá passando da hora de virar caso de polícia. Alguém precisa tomar uma providência. A polícia precisa investigar o caso, porque não é normal esses problemas persistirem por meses a fio. As operadoras precisam respeitar o direito dos usuários.




Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.