Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Salvador – Presos policiais suspeitos de sequestros, extorsões, homicídios e estupros




Operação policial nesta terça-feira, 03, prede também um homem envolvido e apreendeu armas e outros ítens ilícitos

 

Socorro, bandido!!! O inadmissível pode? Um policial faz o juramento proteger e servir, mas de repente, se envolve com crimes hediondos? O que a população pode esperar mais?

 

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira, 03/05/2022, a “Operação Só Rasteira”, cumprindo mandados de prisão e  de busca e apreensão em Salvador e em Camaçari, região metropolitana da capital baiana.

 

Foto: Tony Silva /Ascom-PC


Durante a operação, três homens foram presos, e pasmem, dois deles são policiais. Eles são acusados dos crimes de sequestros, extorsão e homicídios. A operação também apreendeu um brasão falso da Justiça, uma balaclava (touca que cobre todo o rosto), uma espingarda de ar comprimido e uma pistola com munições e três carregadores, além de maquinetas de cartão, aparelhos celulares, documentos aparentemente fraudados. Outros mandados de busca e apreensão serão cumpridos. A investigação ainda está em curso.

 

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (DRACO), conta com mais de 60 agentes, em investigações através da Coordenação de Repressão e Extorsão Mediante Sequestro.

 


 

Os sequestradores estupravam namoradas e mulheres das vítimas


Segundo informações do Bnews, o Delegado Odair Carneiro, coordenador do Draco, informou que os suspeitos presos sequestravam e exigiam que os valores dos resgates fossem entregues pelas mulheres das vítimas em um local combinado, onde elas eram violentadas sexualmente:

 

 “Sequestram pessoas pobres para receber R$ 7 mil, mandam vender casas, motos e imóveis para arrecadar dinheiro. Vamos fazer de tudo para cortar esse mal pela carne e acabar com esses tipos de crimes na Bahia [...] Ele [um dos presos na operação] é tão periculoso que violentava as famílias das vítimas, as esposas, as namoradas, o que fosse. Levava para uma matagal e violentava, tem algumas vítimas que morreram”, disse Carneiro, em entrevista à TV Record Itapoan.




COMPARTILHE ESTA MATÉRIA, CLICANDO NOS ÍCONES ABAIXO:

Postar um comentário

0 Comentários