Aleatórias

8/recent/ticker-posts

Fim da greve - Professores de Eunápolis aceitam proposta da prefeita Cordélia


A proposta da prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres, em reajustar gradativamente o salário dos professores até atingir os 33,24% foi aceita durante assembleia da APLB Sindicato nesta segunda-feira (19). Com isso, a greve, que já durava oito meses e prejudicava cerca de 20 mil estudantes da rede municipal de ensino, está oficialmente encerrada.

O acordo da gestão municipal foi pagar 4% de reajuste agora em dezembro; 5,41% em janeiro do ano que vem; e mais 9,41% em fevereiro. Ao todo serão reajustados 18, 82%, que somados aos 14,42% já concedidos pelo executivo neste ano, chega ao índice de 33,24%.

Além do reajuste salarial, o acordo garante que o governo irá atualizar o plano de carreira dos profissionais da educação, o que era aguardado pela categoria desde 2005.

“Nossa proposta foi feita com base no planejamento e respeito ao erário para devolvermos às nossas crianças uma educação de qualidade e um futuro melhor”, destacou a prefeita Cordélia Torres.

Estão mantidas as férias de janeiro e o calendário de 2023 começará a ser discutido nesta terça-feira (20). Ficou acordado ainda que durante sete meses a APLB Sindicato não poderá fazer paralisação.

 

Ascom – Prefeitura de Eunápolis (BA)


Postar um comentário

0 Comentários