DENÚNCIA GRAVE: ÔNIBUS DA EXPRESSO BRASILEIRO LOTADO COM DEZENAS DE PASSAGEIROS EM PÉ, FAZ BALDEAÇÃO EM POSTO DE GASOLINA PARA PASSAR LIVREMENTE EM FRENTE AO POSTO DA PRF

O TRECHO É CHEIO DE CURVAS E PRECIPÍCIOS. AS MANOBRAS SÃO MUITO PERIGOSAS COM OS VEÍCULOS LOTADOS E CONSEQUENTEMENTE MAIS PESADOS  
O Bocão 64 recebeu uma notícia aterradora, pois trata-se de um assunto sério que bota em risco real, a vida de pessoas inocentes, inclusive crianças, que são obrigadas a fazer uso de um transporte único, que domina nossa região, que não dispõe de outras opções.

Um ônibus da empresa Expresso Brasileiro, saiu de Teixeira de Freitas, às 17:30 hs de domingo, 27/12/2015, com destino à Porto Seguro. Chegando em Itamaraju, entraram várias pessoas que ficaram em pé, pelo motivo de todas as poltronas já estarem ocupadas.

Em Itabela, entraram mais passageiros, tornando a viagem muito mais estressante e cansativa, com o ônibus extremamente lotado de pessoas sentadas e em pé, além do risco iminente de vida, pois, como todos sabem, o trecho é extremamente perigoso, com várias curvas e condições propícias a acidentes. Com o veículo lotado, as manobras são, obviamente, mais arriscadas.

Em meio ao burburinho, reclamações e lamentações, na exaustiva viagem, alguém avisou à empresa e o ônibus em questão, entrou num posto de combustível, distante apenas 500 metros do Posto da Polícia Rodoviária Federal. Naquele lugar foi feita a baldeação do excesso de passageiros para um micro-ônibus e um ônibus que já estavam de prontidão. Foram momentos de muita tensão e teve gente que até desmaiou.

O passageiro que fez a denúncia, procurou o posto da AGERBA Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicação da Bahia, na rodoviária de Eunápolis, para fazer a queixa, mas a informação dada por pessoas que trabalham naquele lugar, é que a agência vive fechada, pois os funcionários estão sempre fazendo “serviços de campo”, procurando os motoristas infratores que ganham a vida, transportando passageiros irregularmente.

Existe uma guerrinha entre as empresas regulares e o chamado transporte alternativo. De um lado, poderosas empresas de ônibus que oferecem serviços de qualidade questionável. Do outro lado, pessoas comuns lutando pela vida, fazendo transporte chamado de irregular, tão questionado pelos ricos empresários de ônibus.

Quando um clandestino é pego no flagrante, as penalidades aplicadas são severas e caras, inclusive com a apreensão do veículo. Nesses casos, a Agerba solicita até a presença de policiais para garantir a segurança.

Entramos no site da Agerba e notamos um banner sugestivo, que induz as pessoas a denunciarem o transporte clandestino, mas quando uma empresa grande por natureza, considerada legal, toma atitudes grotescas como essa, que põe em risco a vida dos passageiros, a quem devemos reclamar? Quem poderá nos defender?

Descaso e desrespeito com os passageiros. ÔNIBUS LOTADO COM DEZENAS DE PESSOAS EM PÉ.. Linha Teixeira/Porto. Na chegada...
Posted by Bocão 64 on Quarta, 30 de dezembro de 2015

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.