DE ORIGEM HUMILDE, PABLO DEIXA SOFRÊNCIA DE LADO E HOJE MORA EM MANSÃO DE R$ 7 MILHÕES

CONFIRA A TRAJETÓRIA DE SUCESSO E SUPERAÇÃO DO REI DO ARROCHA  
Este homem não chora! Com agenda de shows lotada e cachê de pelo menos R$ 300 mil por apresentação, Pablo só tem motivos para sorrir. O Câmera Record desta quinta-feira (14) contou a história do cantor que teve uma origem humilde, mas deixou a sofrência de lado, alcançou o sucesso e hoje mora numa mansão avaliada em R$ 7 milhões.

Pablo nasceu na pequena Candeia, cidade do interior da Bahia que tem 90 mil habitantes. Era andando por ruas de casas com paredes descascadas que o menino, que ainda era chamado de Agenor, sonhava em ser famoso.
A carreira começou ao lado do pai e o primeiro passo rumo ao estrelato foi mudar de nome. Por sugestão de um amigo, Agenor Apolinário dos Santos Neto passou a atender por Pablo. “Ninguém entendeu por que Pablo, mas que deu sucesso, deu”, explica o pai.

Agenor lembra que o filho o acompanhava nos shows desde os seis anos de idade. Apesar do talento precoce, a ideia de um cantor tão novinho no palco não agradava todo mundo. O próprio Pablo não guarda boas lembranças desta época e faz uma revelação. 
— Eu não era feliz. A vida de uma criança com tamanha responsabilidade não tem felicidade.

A adolescência ficaria ainda mais difícil. Aos 19 anos, ele perdeu a mãe vitima de um AVC. Dona Vera tinha apenas 42 anos.

Foi nessa época que Pablo conheceu o grande amor da vida dele: Adrielle. Aos 15 anos, ele decidiu ir morar junto com a namorada, um ano mais nova.

Juntos, eles têm três filhos. Benjamin é o caçula e acabou de nascer. O cantor mostrou o menino pela primeira vez num programa de TV.

No começo da carreira, Pablo tocava com o grupo Asas Livres. Foi onde criou o arrocha, base para as músicas que o deixaram famoso no País inteiro e representam o ponto de virada em sua vida.

Por mais longe que seus sonhos fossem, Pablo nunca imaginou que conseguiria se mudar para uma mansão avaliada em pelo menos R$ 7 milhões em Salvador e ser vizinho de pessoas como a cantora Claudia Leitte.
Ele usa quase todo o tempo livre pra curtir a casa de 1900 metros quadrados que comprou no ano passado. Mas é difícil aproveitar a novidade. São muitas viagens para fazer cerca de 20 shows por mês, em todos os cantos do Brasil. Com cinco andares e muitas escadas, a mansão tem até elevador.

Quando criança, Pablo adorava brincar com carrinhos de lata. O carinho pelos carros continua, mas agora os brinquedos são potentes e chegam a custar R$ 450 mil .

Hoje ele ajuda a família toda. Muitos, inclusive o pai Agenor, trabalham no escritório que cuida da carreira de Pablo.

Aos 30 anos, o rei do arrocha pode aproveitar o lado bom da vida. Mas ele faz questão de nunca se esquecer que sua realidade nem sempre foi assim.
— Eu não tinha nem onde morar, mas agora me sinto muito orgulhoso. Sempre fui batalhador e corri atrás dos meus objetivos e hoje posso oferecer pra minha família o que eu nunca tive.


Fonte: R7

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.