EUNÁPOLIS: CASA É INCENDIADA EM ACAMPAMENTO DE SEM TERRAS

A MORADORA NÃO ESTAVA NO LOCAL E FICOU SABENDO ATRAVÉS DE TELEFONEMA DE VIZINHOS  
A sem terra Ieda Oliveira Farias, que mora em um assentamento do Acampamento Baixa Verde, na Fazenda São Caetano, no Ponto Maneca, procurou ajuda da imprensa, através do Programa Fala Povão, da Rádio 98FM, relatando que alguém havia incendiado a sua casa, naquele local.

Ela disse que participa do movimento sem terra,  que está no assentamento há cinco anos e mora naquele local há dois anos. A área que está sob comando da bandeira da Fetag, é alvo de litígio com uma grande empresa regional.

Ela relatou que se levantou às 5:00 hs e se deslocou para Eunápolis, onde haveria uma pré-reunião com um grupo de pessoas, para posteriormente se deslocar junto ao grupo para Porto Seguro, onde haveria uma movimentação social.

Antes da mesma ir para Porto Seguro, recebeu uma ligação dizendo que sua casa havia pegado fogo e que tudo havia se queimado. Móveis, fogão, aparelhos, utensílios, roupas, calçados, enfim, perca total. O clima é de total desolação.

Questionada se ela deixou algo aceso, ela disse que nem fez café, porque não dava tempo e afirmou que o incêndio deve ser criminoso, uma vez que existem conflitos internos no próprio grupo a que pertence. Dona Ieda relata ainda que percebeu na terça-feira, 10, que metade de sua roça de mandioca havia sido roubada, provavelmente no último fim de semana em que ela teve que se ausentar para cuidar de problemas de saúde.

Não nos aprofundamos em perguntas porque achamos que o caso carece de investigação policial. Ela disse que fará um queixa.

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.