O MENINO QUE “VOLTOU” DOS MORTOS

MENINO FICA À BEIRA DA MORTE POR CÂNCER E MÃE PENSA EM DESLIGAR APARELHOS: "SABIA QUE ELE ESTAVA MORRENDO"  

Sofrendo com um tipo raro de câncer de pulmão, o pequeno Dylan Askin fazia de tudo para lutar pela vida. O pequeno estava chegou a ficar em estado crítico de saúde, pois seus órgãos estavam parando de funcionar. Os médicos preparam os pais para o pior.

Além do câncer, ele sofreu uma infecção bacteriana. Os batimentos cardíacos de Dylan estavam muito altos e seus níveis de oxigênio eram muito baixos. Diversos cistos cobriam cerca de 80% de seus pulmões. Os outros 20% haviam sido devastados por uma infecção.

Seus rins não estavam funcionando e Dylan teve sangramento no estômago. Ele não estava respondendo aos antibióticos e poderia morrer de um ataque cardíaco a qualquer momento.

Sem esperanças de recuperação, a equipe médica do hospital da Universidade de Nottingham já estava preparando formulários de consentimento para desligar o suporte de vida de Dylan, enquanto a família da criança se reunia para dizer adeus no leito do menino.

"Eu sabia que ele estava morrendo, mas não poderia dizer a palavra adeus ", disse a mãe do menino, Kerry.
— Não queria deixá-lo ir, mas olhei para seu pobre corpo e pensei: "Será que estamos sendo cruéis mantendo ele vivo?"

Felizmente, a família foi poupada da difícil decisão. No domingo de Páscoa, os pais Mike e Kerry esperavam para assinar a papelada concordando em desligar os aparelhos que mantinham Dylan vivo, quando os médicos correram para sua cama com os resultados surpreendentes de uma série de exames de sangue de última hora. "Não é o que esperávamos, vamos continuar a tratá-lo", disseram.

Desafiando todas as expectativas médicas, Dylan começou a responder aos antibióticos. Seus níveis de oxigênio subiram e sua frequência cardíaca caiu. Em seguida, seu estômago parou de sangrar. 

Agora, aos três anos de idade, Dylan foi apelidado de "menino que voltou dos mortos", depois que sua história de superação foi divulgada e repercutiu no mundo inteiro.
— Nós não somos religiosos, mas ou alguém lá em cima estava do nosso lado naquela noite, ou nós subestimamos completamente a força e determinação de viver de Dylan.



(Com informações do Daily Mail / R7)

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.