TRABALHADOR QUE SOFREU QUEIMADURAS EM ITABELA, NÃO RESISTIU E MORREU NO HOSPITAL REGIONAL DE EUNÁPOLIS

“PINGUIM” FICOU INTERNADO POR 14 DIAS COM QUEIMADURAS DE 1º GRAU EM PELO MENOS 20% DO CORPO  
Após passar 14 dias internado no Hospital Regional de Eunápolis, com queimaduras de primeiro grau em pelo menos 20% do corpo, Aremilton, conhecido popularmente como Pinguim, não resistiu e morreu na noite desta quarta-feira, 22.

Ele foi internado no dia 8 de fevereiro, após sofrer queimaduras provocadas por uma explosão, nas dependências de sua oficina, no bairro Francisqueto, em Itabela, extremo sul da Bahia. Na ocasião, ele fez uso de um maçarico que, em contato com gasolina, provocou uma explosão. As chamas incendiaram suas roupas e atingiram principalmente as pernas e os braços. Ele acabou sendo socorrido por populares e em seguida atendido pelo SAMU que fez os primeiros socorros e o encaminho ao hospital.



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.