PREFEITO E VICE-PREFEITO DE CANAVIEIRAS TÊM MANDATOS CASSADOS PELA JUSTIÇA

OMISSÃO DOS VALORES FOI IDENTIFICADA POR MEIO DE CRUZAMENTO DE DADOS COM OUTROS ÓRGÃOS  


Os mandatos do prefeito e vice-prefeito de Canavieiras, na região sul da Bahia, Clóvis Roberto Almeida de Souza e Carlos Alberto Medrado Filho foram cassados pela Justiça a pedido do MPE (Ministério Público Eleitoral), acusados de praticar abuso de poder econômico por meio de conduta ilícita.

Segundo ação ajuizada pelo promotor de Justiça Márcio de Oliveira Neves, os gestores omitiram da prestação de contas da campanha eleitoral nota fiscal  referente ao pagamento a um posto de combustível, onde centenas de eleitores abasteceram gratuitamente seus veículos, para participarem de carreatas em favor dos então candidatos ao pleito eleitoral de 2016.

Identificada por meio de cruzamento de dados com outros órgãos, a omissão da nota no valor de R$ 20 mil, motivou a rejeição de contas da campanha.

A sentença, proferida no último dia 3, pelo juiz Eduardo Gil Guerreiro considerou que “comprovada a farta distribuição gratuita de combustível para eleitores, conclui-se ser evidente o potencial lesivo da conduta ilícita em ferir a lisura do processo eleitoral”. Conforme a sentença, o MPE apontou que o valor pago para a distribuição gratuita de combustível representa mais de 80% do valor total de despesas registradas na campanha.





Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.