BRUTALIDADE: IRMÃO MATA A IRMÃ NA FRENTE DO PAI CADEIRANTE

CRIME OCORREU NA MANHÃ DESTA QUINTA-FEIRA (4). SUSPEITO FUGIU EM SEGUIDA E AINDA NÃO FOI LOCALIZADO PELA POLÍCIA  
“Você tem que pôr na sua cabeça que o seu casamento acabou". Essa foi a última frase dita por Vitoria Caroline Ferreira Miranda Costa, de 22 anos, ao irmão, o açougueiro Pedro Miranda, de 19, que a apunhalou pelas costas com um facão, em Mongaguá, no litoral de São Paulo. A jovem morreu e a polícia pediu a prisão do suspeito.

O crime ocorreu na casa da família, na Avenida Atlântica, na quinta-feira (4).  Pedro matou a irmã Vitoria na frente do pai dos dois, um aposentado cadeirante de 66 anos.

"A menina era cuidadora dele. Ela estava justamente o colocando na cama para dormir, carregando ele, quando recebeu a primeira facada nas costas. Foi algo com muita brutalidade", afirmou o delegado.

Vitoria também teve o rosto desfigurado e foi golpeada a facadas nos ombros, embaixo do braço e nos seios. Após o crime, Pedro fugiu em uma moto. O paradeiro dele ainda é desconhecido.

Segundo o apurado pelo delegado, a relação de Pedro com os parentes não era boa. Contra o rapaz, há três boletins de ocorrência registrados: um de violência doméstica, sendo a irmã a vítima, outro de maus-tratos contra o pai, e mais um por roubo, ocorrido na cidade.

Pedro mantinha um relacionamento com uma mulher há aproximadamente dois anos e viviam às custas do pai, que os expulsou de casa. Eles terminaram a relação por causa das brigas e agressões.

Após ouvir a frase da irmã, ele voltou ao quarto do pai e a apunhalou pelas costas. A jovem tentou se defender, mas não conseguiu. O pai viu tudo. Foi ferida gravemente no rosto e acabou morrendo ali mesmo, no local.





Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.