Gerais

Médica pediatra é suspeita de matar filho de apenas 3 anos

A médica tem 34 anos, é servidora do Samu e sofre de depressão
Quem diz que coisas ruins ou crimes como esse só acontecem com pessoas simples e sem formação cultural, está completamente enganado.

A médica pediatra Juliana de Pina Araújo, que sofre de depressão e é servidora do Samu, foi presa por suspeita de matar o próprio filho de apenas 3 anos de idade, com overdose de medicamentos. A polícia encontrou envelopes com remédios de uso controlado no lixo e ao lado do corpo da criança. Uma mamadeira com leite ao lado do bebê pode ter sido a via de envenenamento e será examinada.

Vizinhos informaram que corria pelas escadas do prédio com um corte no pescoço. O porteiro a segurou e a polícia foi acionada. A justiça do Distrito Federal decidiu mantê-la em prisão por tempo indeterminado.



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.