estupro

Vídeo - Pai estupra e mata bebê de 9 meses

O pai apresentou uma versão duvidosa no hospital, mas acabou confessando o crime após ser preso
Wendel Rafael, um bebê de 9 meses de idade, ainda tentava aprender a caminhar, quando teve a vida ceifada de uma forma brutal, pelo próprio pai.

O ajudante geral Romário Mendonça, de 23 anos, foi preso na manhã de quarta-feira, 07/11/2018, suspeito de homicídio qualificado e estupro de vulnerável no bairro Perus, na Zona Norte de São Paulo. Segundo a polícia, o autor foi detido em flagrante.

Por volta das 23:30 de terça-feira, 06, o pai levou a criança a um posto de saúde, afirmando que havia saído para comprar leite e quando voltou, teria encontrado o bebê caído da cama, com várias escoriações.
Devido ao estado grave da criança, os médicos pediram uma ambulância e transferiram a criança para um hospital mais qualificado. Chegando lá, os médicos perceberam que havia algo estranho na versão do pai, já que a criança apresentava sinais de agressões mais antigas.
A criança morreu devido a uma hemorragia na parte interna do crânio, e apresentava escoriações no peito, na boca, nas costas e em um dos olhos. Os médicos levantaram a hipótese de que ele tenha sofrido abuso sexual e acionaram a polícia.

No momento da agressão, a mãe (de 19 anos) estava trabalhando. Os pais da criança chegaram a ser algemados e levados à delegacia, mas naquele momento não havia nada contra eles e o caso foi registrado como “morte suspeita”. No dia seguinte, a polícia prendeu o pai, que confessou tudo ao delegado. O caso foi registrado no 20º DP (Água Fria). Há informações ainda não conformadas de que a mãe também teria sido presa.






Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.