crime

Padrasto tenta estuprar enteada de 13 anos e acaba matando a peixeiradas, ela e o irmão de 11 anos que a defendeu

Segundo a Polícia Civil, o homem chegou em casa com sinais de embriaguez e tentou estuprar a enteada de 13 anos. Irmão da garota, de 11 anos, tentou impedir, mas os dois foram mortos
Eram aproximadamente 5:00 hs da manhã, desta quinta-feira, 03/01/2019, quando Robson José dos Prazeres, de 28 anos, chegou em casa, com sinais de embriaguez. Ele tentou estuprar a enteada de apenas 13 anos de idade. O irmão dela, de 11 anos, tentou intervir e foi esfaqueado. A menina ao ver a situação, pediu ao sacripanta para não agredir o irmão, que ela aceitaria fazer o ato sexual. Ele então partiu pra cima dela e também a esfaqueou. Os dois irmãos conseguiram sair da casa para pedir ajuda, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no local.
O crime aconteceu no bairro Vila Holandesa, município de Moreno, no Grande Recife, Pernambuco. O endemoniado foi agredido pelos moradores do local e depois preso pela polícia, sendo levado à Delegacia de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes.

Segundo a mãe das crianças, Géssica Nascimento, a filha de 9 anos presenciou a morte dos irmãos. Os dois jovens mortos eram frutos de outro relacionamento que ela teve, anteriormente. O casal tem outros dois filhos, de cinco e nove anos.

A mãe dos jovens não estava em casa no momento do assassinato. Ela estava cuidando de um tio cadeirante e foi avisada por telefone, pela sogra. Veja o vídeo em que a mãe faz um relato emocionante:

Géssica, tinha uma medida protetiva contra Robson pela Lei Maria da Penha, devido às agressões.  "Quando a polícia saía, ele ia pra lá de todo jeito. Ele dizia que se eu não fosse dele, não seria mais de ninguém", conta Géssica, que planejava ir a São Paulo com os filhos em maio. "Uma tia minha está morando lá e eu ia viajar com os meninos. Ele sabia e acho que não aceitou", conta.









De acordo com a Polícia Civil, Robson Prazeres foi autuado em flagrante por tentativa de estupro e duplo homicídio. “Estou consternado com tanta barbaridade”, diz o delegado Petrúcio Jucá.
Géssica, mãe das crianças, dá um depoimento emocionante

Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.