Gerais

Uma criança queimada e outras três foram encontradas em situação de abandono e fome


Após denúncia, a Polícia Civil resgatou as crianças. Dava pena
Uma delas apresentava queimaduras pelo corpo, após uso de óleo quente. Os policiais encontraram comida estragada, além de lixos, fezes e espalhados pela casa. Caso ocorreu em Marabá.

Quatro crianças foram resgatadas por policiais civis de situação de abandono em uma casa no município de Marabá, sudeste do Pará. Uma delas apresentava queimaduras pelo corpo por ter cozinhado com óleo quente. Os pais ainda não foram localizados.

Segundo moradores, as crianças viviam com a mãe, que saía todos os dias para trabalhar e deixava o filho mais velho para cuidar dos irmãos mais novos.

As crianças foram encontradas no dia 29 de abril na rua Folha 11. Três delas estavam brincando na rua e uma estava dentro da casa, quando os policiais chegaram.

Na casa, havia um forte odor de alimento estragado, lixos e fezes espalhados, geladeira estava vazia, os quartos desarrumados. Os policiais também encontraram uma faca de cozinha no chão, além de janelas e portas abertas, facilitando a entrada de estranhos no local.

Os policiais levaram as crianças para o Conselho Tutelar, onde ficaram abrigados e se alimentaram. As crianças disseram que haviam passado o dia sem comer.

Segundo o delgado Vinicius Cardoso, foi constatado o abandono material e intelectual. A mãe deve responder junto à Delegacia Especializada em Crimes contra a Criança (Deaca), segundo ele.

Uma campanha de arrecadação de donativos foi iniciada pelos próprios investigadores do caso. Alimentos e roupas podem ser deixadas junto à Polícia local.
Fonte: G1 / Fotos: Divulgação Polícia Civil do Pará

PUBLICIDADE:



Aviso do Bocão 64

Caro internauta: A sua opinião sobre esta matéria é muito importante, mas os comentários que você postar nesta página, são de sua exclusiva responsabilidade e não representam a opinião do site. Rode o mouse para baixo, participe, comente e divirta-se.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.